A glutamina é um aminoácido não essencial com função imune importante. Funciona como um "combustível energético" para síntese de células que vão combater doenças, principalmente os linfócitos e macrófagos que defendem contra infecções. É necessária para a absorção e a proliferação de células intestinais, prevenindo a deterioração do intestino, além de normalizar a permeabilidade e integridade do mesmo.

Exercícios físico, sepse, cirurgias, queimaduras, lesões reduzem os níveis de glutamina no plasma e no músculo esquelético.

Glutamina tem auxiliado muito na recuperação após os treinos, evitando o catabolismo e o overtraining, pois apesar da Glutamina ser produzida pelo corpo, ainda a necessidade de seu consumo através da suplementação, já que a demanda de Glutamina nos músculos é muito maior do que o corpo é capaz de produzir nos casos desses atletas.

A suplementação desse aminoácido é indicada para pessoas que apresentam infecção de repetição ou indícios de translocação bacteriana, pessoas que necessitam melhorar sistema imune (idosos, pacientes HIV positivo, pacientes portadores de algum tipo de câncer), além de atletas com objetivo de ganho de massa muscular, aumento de força e melhora da resistência.

Procure um médico ou nutricionista para melhores informações.

Dra. Bruna Camarão